quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Pimentinha troca o Sampaio Corrêa pelo São Caetano




SÃO LUÍS - Foram muitos rumores, muitas afirmações, muita expectativa. E o tão aguardado final da novela entre Pimentinha e Sampaio Corrêa acabou sendo anunciado na tarde desta terça-feira (24): o clube tricolor confirmou a negociação do atacante com o São Caetano, que disputa o Campeonato Brasileiro Série B. O jogador viajará nesta quarta-feira (25), para se apresentar ao Azulão.

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota, informou que Pimentinha foi vendido por R$ 400 mil, um valor quatro vezes maior que a multa rescisória prevista em contrato. Deste valor, 50% ficarão com o clube e o restante com o jogador, que deverá receber um salário três vezes maior na equipe do interior paulista.

Pimentinha, de 26 anos, foi contratado pelo Sampaio Corrêa em julho de 2012, após ter sido o destaque do São José de Ribamar no Campeonato Maranhense. Mesmo chegando durante as disputas do Campeonato Brasileiro Série D, o atacante mostrou seu valor e logo conquistou a vaga de titular na equipe treinada por Flávio Araújo. O camisa 11 viria a ser um dos grandes nomes do Tricolor na conquista do título brasileiro invicto com quatro gols marcados, incluindo o último na vitória por 2 a 0 sobre o Crac (GO), na segunda partida da final.

Em 2013, Pimentinha seguiu com o faro de gol apurado e voltou a apresentar seu bom futebol no Campeonato Maranhense: com seis gols marcados, o atacante foi o maior destaque do Sampaio e acabou sendo eleito, pela Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos do Maranhão (ACLEM), o melhor jogador do Campeonato Maranhense. Na Série C, Pimentinha foi um dos principais nomes da competição no primeiro turno, onde ajudou o Bolivão a terminar na primeira colocação, marcando cinco gols em dez partidas.

Mesmo com o bom futebol e o carinho da torcida, Pimentinha acabou tendo que lidar com a mudança no ambiente: a queda de rendimento do Tricolor no returno, algumas atuações sem muito brilho, boatos de uma transferência e até mesmo uma polêmica contusão que o afastou do confronto contra o Luverdense no último dia 15 de setembro, fizeram com que o jogador fosse hostilizado por parte da torcida no último confronto contra o Cuiabá, realizado no domingo (22). Apesar do adeus ao Sampaio, Pimentinha deixa o clube como um dos grandes ídolos recentes da história do clube, com dois títulos conquistados em um ano e dois meses na equipe: a Série D e a Taça Cidade, ambos em 2012. (Informações do Imirante.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por acompanhar e comentar no Blog Bacabeira em Foco.
OBSERVAÇÃO: O blog não se responsabiliza por comentários que ferem a integridade física e moral de alguém. Portanto, sejam cautelosos.
OBRIGADO!!!